• VOLTAR
  • Imprimir
  • ENVIAR
  • A+ A-
Métodos de proteção anticorrosiva para o setor elétrico: um dos destaque do Cepel no XXV SNPTEE

Detalhes: Notícias

Métodos de proteção anticorrosiva para o setor elétrico: um dos destaque do Cepel no XXV SNPTEE

13-11-2019

O Cepel é a instituição que mais apresenta trabalhos específicos sobre corrosão no setor elétrico no XXV SNPTEE, que segue até hoje (13) em Belo Horizonte. O tema merece destaque à medida que boa parte dos equipamentos do setor estão expostos a intempéries que aceleram o processo corrosivo, podendo gerar danos e interrupções não programadas.

 


Em sua apresentação, o pesquisador Alberto Ordine abordou um estudo de caso de falha prematura de pintura em transformadores de uma subestação de energia elétrica. De acordo com Alberto, a falha aconteceu com apenas três anos de operação dos sete transformadores devido ao fabricante não ter seguido as boas práticas de pintura anticorrosiva, como indicado nas Normas Eletrobras de Pintura Anticorrosiva. O artigo Avaliação de desempenho e custo de pintura anticorrosiva de transformadores foi escrito em coautoria Cristina da Costa Amorim (Cepel); Elber Vidigal Bendinelli (Cepel); Marcos Martins de Sá (Cepel); Filipe Batista Fontes (estagiário Cepel); e Edson de Souza Santos (Eletronorte).

 


Já o pesquisador Elber Bendinelli apresentou um novo modelo desenvolvido pelo Cepel para estimar a vida útil do aço galvanizado em diferentes ambientes atmosféricos (atmosfera marinha, industrial e de elevada umidade). O modelo está sendo elaborado com base nos resultados experimentais alcançados no Laboratório de Corrosão do Cepel e será validado com dados de campo. O artigo Novas alternativas para garantir a qualidade do aço galvanizado utilizado em linhas de transmissão foi escrito em couautoria com Felipe Garcia Nunes (estagiário Cepel) e Alberto Ordine (Cepel).

 


NGNS

 


O estagiário do Cepel Victor Freitas participou do Next Generation Network Showcase (NGNS), espaço voltado a jovens integrantes do Cigre, onde expôs o trabalho Custos e desempenho da pintura anticorrosiva de equipamentos elétricos, comparando três esquemas de pintura diferentes usados no setor elétrico.