• VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENVIAR
  • A+ A-
Cepel realizou treinamento sobre modelagem, utilização e análise do programa computacional DECOMP

Notícias

Cepel realizou treinamento sobre modelagem, utilização e análise do programa computacional DECOMP

26-11-2018

O Cepel promoveu, nos dias 23 e 24 de outubro, treinamento sobre o programa computacional DECOMP, voltado ao planejamento da operação de sistemas hidrotérmicos de curto prazo. O programa é usado oficialmente pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) e pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), como pontua a pesquisadora Lílian Chaves, do Departamento de Otimização Energética e Meio Ambiente (DEA), uma das instrutoras do curso.

 

“O DECOMP é usado oficialmente na Programação Mensal da Operação (PMO) pelo ONS desde 2002, onde tem papel de auxiliar a operação do sistema elétrico brasileiro, assim como calcular o Custo Marginal da Operação (CMO). O programa também é usado pela CCEE no processo do cálculo do preço de mercado (PLD). Além das duas instituições, várias empresas agentes do setor elétrico o utilizam para estimar preços e realizar estudos prospectivos”, assinala Lílian.

 

O treinamento teve como objetivo apresentar o programa DECOMP de forma geral, passando por todas as funcionalidades disponíveis atualmente, mas com foco nas mais usadas pelo ONS, como a metodologia de aversão a risco CVaR (Condicional Value at Risk) e a programação dinâmica dual com cenários mensais.

 

Lílian acrescenta os treinamentos ministrados são muito importantes para divulgação dos programas desenvolvidos pelo Centro e estímulo à sua utilização. A pesquisadora acrescenta que, além do conhecimento adquirido durante os cursos, os usuários criam uma relação mais estreita uns com os outros e com os desenvolvedores.

 

Ângelo Santiago Rosseti, da Área de Gestão da Comercialização de Energia Institucional da Eletrobras, um dos participantes do curso, concorda. Ele ressalta que os programas computacionais desenvolvidos pelo Cepel possuem grande relevância no suporte a diversas áreas do setor elétrico brasileiro, como atividades de operação energética, planejamento, expansão e comercialização de energia. “Os treinamentos oferecidos, como o do programa DECOMP, são uma ótima oportunidade de aperfeiçoamento e contato direto com os profissionais do Cepel responsáveis pelo desenvolvimento dos programas para o planejamento da geração de médio e curto prazos do setor elétrico”, afirma.

 

Integraram a equipe de instrutores do treinamento, além de Lílian Chaves, os pesquisadores Bruno Carvalho e Ricardo Caldas, da equipe ENCAD, responsável pela interface gráfica do programa. O pesquisador André Diniz, chefe do DEA, é o gerente do projeto DECOMP e tem participado do desenvolvimento de várias funcionalidades do programa desde 2002. Os pesquisadores Tiago Norbiato, Renato Cabral e Ana Lucia de Saboia também fazem parte da equipe técnica do projeto.