• VOLTAR
  • IMPRIMIR
  • ENVIAR
  • A+ A-
Pesquisadores do Cepel proferem palestras sobre os softwares do DRE em universidades

Notícias

Pesquisadores do Cepel proferem palestras sobre os softwares do DRE em universidades

21-07-2017

Pesquisadores do Departamento de Redes Elétricas (DRE) do Cepel profeririam, no mês de junho, uma série de palestras sobre os softwares desenvolvidos no departamento para alunos de graduação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Nas apresentações, que duraram em torno de três horas cada, foi dada uma visão geral e exibidas as principais funcionalidades da versão acadêmica dos programas.


Ao longo de junho foram realizadas palestras sobre os programas Anarede, Anatem, Anafas e PacDyn. O público alvo foram os alunos do curso de Engenharia Elétrica, que estão fazendo matérias do ciclo profissional.


“Esse é um trabalho que já vem sendo realizado há mais de três anos. Inicialmente, de maneira informal. Agora estamos procurando dar um caráter mais institucional às palestras”, explica Gilberto Pires de Azevedo, pesquisador do DRE. A ideia é realizar as palestras com a mesma regularidade do já tradicional Ciclo de Cursos do DRE.


Segundo o pesquisador, nos últimos anos foram realizados minicursos e palestras na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio de Janeiro (Cefet-RJ), e na Universidade Federal Fluminense (UFF), onde as apresentações fazem parte da programação da Semana da Engenharia.


De acordo com Gilberto, além de dar maior visibilidade aos softwares do Departamento, as apresentações podem contribuir para despertar nos alunos de graduação o interesse pela pesquisa. De certa forma, foi o que aconteceu com a pesquisadora Lígia Rolim, também do DRE. Ter conhecido os programas, na época em que foi estagiária da Eletrobras, estimulou Lígia a prestar concurso para o Cepel e atuar em pesquisas na área de dinâmica e controle de sistemas elétricos de potência.


“Conhecer os softwares dá aos alunos oportunidade, os estimula a utilizar as versões acadêmicas dos programas em diversos trabalhos na universidade e se torna um diferencial para os futuros profissionais do setor elétrico”, explica Lígia, que esteve na Uerj para falar sobre o programa Anatem. Além dela, proferiram palestras os pesquisadores Paula Oliveira (Anarede), Juan Rossi (Anafas) e Thiago Masseran (PacDyn).