EnglishPortuguese
ico-desce.png

Estudos de transitórios eletromagnéticos garantem a proteção de seus equipamentos em situações de estresse elétrico

Descargas atmosféricas, curtos-circuitos ou mesmo manobras de chaves seccionadoras e disjuntores podem gerar sobretensões transitórias que danificam equipamentos e afetam a operação de sistemas elétricos. A simulação e análise dos efeitos desses transitórios eletromagnéticos é indispensável para a segurança e durabilidade dos equipamentos e para a operação confiável do sistema.

O Cepel tem ampla experiência nessa área, incluindo estudos de coordenação de isolamento para sobretensões de manobra e atmosférica, sistemas de transmissão em UATCA e UATCC, tensão transitória de restabelecimento em disjuntores (TRV), transitórios de frente muito rápida (VFTO) em subestações aéreas e isoladas a gás (GIS), modelagem de equipamentos para estudos de alta frequência e interação com o sistema elétrico, sistemas com cabos isolados e análise de sistemas de proteção para descarga atmosférica (SPDA) e aterramentos.

Coordenação de isolamento de linhas de transmissão

Estudos de sistemas e equipamentos em UATCC

Modelagem de equipamentos para estudos de alta frequência e interação com o sistema elétrico

Estes estudos são realizados para subsidiar a especificação de equipamentos, para a coordenação de isolamento de subestações e do sistema elétrico associado e, também, para a análise de ocorrências e identificação de suas causas. Tudo isso contando com a expertise do Cepel em modelagem computacional de equipamentos e fenômenos elétricos fundamentada na grande experiência e ampla aplicação de técnicas laboratoriais e ensaios.

E-mail institucional 

dga@cepel.br 

 
Palavras-Chave 

Coordenação de isolamento, transitórios eletromagnéticos, modelagem, simulação, descargas atmosféricas, aterramento 

Skip to content