EnglishPortuguese
ico-desce.png

GERAÇÃO DE SÉRIES SINTÉTICAS DE ENERGIAS E VAZÕES PARA O PLANEJAMENTO DA OPERAÇÃO ENERGÉTICA

Cenários para a avaliação de riscos da operação energética de sistemas hidrelétricos

Os estudos de planejamento da operação e expansão de sistemas hidrotérmicos envolvem incertezas associadas à estocasticidade das afluências nos cursos d’água envolvidos, que demandam simulações com elevado número de cenários.  No entanto, as séries históricas registradas ao longo dos anos não têm a extensão necessária e precisam ser complementadas por cenários sintéticos gerados com base nas mesmas características estatísticas.

O programa GEVAZP gera cenários sintéticos de vazões e energias, empregando uma modelagem estatística, PAR(p), que modela a afluência de um mês como uma combinação linear das afluências dos meses anteriores. O  GEVAZP é disponibilizado com uma interface gráfica que permite:

  • importação e conversão dos dados de entrada;
  • edição dos dados de forma mais amigável;
  • visualização gráfica dos resultados e dos relatórios de saída em formatos texto.

Figura 1 – Geração e uso de cenários sintéticos

Geração de séries sintéticas para os modelos de planejamento e operação

As séries hidrológicas utilizadas nos modelos de planejamento da operação de médio e curto prazos (NEWAVE e DECOMP) são compostas pelos cenários gerados para cada período do horizonte de planejamento pelos modelos estocásticos ajustados pelo GEVAZP, levando-se em consideração as correlações temporais e espaciais das vazões, regras operativas, registros de vazão incremental bem como informação macroclimática (ENSO). Está sendo incorporada, na geração de cenários, a incerteza na geração eólica, de forma conjunta com a das vazões.

Em virtude de restrições de tempo computacional para incorporação dos cenários nos modelos de otimização do planejamento, o modelo GEVAZP utiliza o método de amostragem seletiva, que possibilita representar, de forma adequada, o processo estocástico de vazões e energias com um reduzido número de cenários. A amostragem seletiva consiste em aplicar técnicas de agregação a um grande número de cenários hidrológicos gerados, de forma a escolher um conjunto representativo a partir da amostra original de cenários.

 

Faça sua pesquisa

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
page
Filter by Categories
Sem categoria

Avaliação coletiva

Avaliação Individual não participante

Avaliação individual

Skip to content